ROUPA IDEAL PARA CADA ESPORTE

Já observou que os atletas de determinado esporte se vestem com roupas parecidas? O ciclista utiliza aquela bermuda, o tenista com suas roupas mais soltas, os nadadores usam touca e por aí vai. Cada esporte tem sua roupa ideal e é sobre isso que iremos falar no post de hoje.

Vamos dar dicas baseadas em preços, tipos de esportes, tipos de praticantes e muito mais. Você vai terminar esse post sabendo exatamente a roupa ideal para cada esporte.

A roupa mais barata para treinar

Qualquer esporte que você decida praticar, precisará investir, então se no momento você não está podendo gastar muito, precisa levar isso em consideração antes de escolher a atividade. Procure o esporte com o mínimo de equipamentos necessários.

Um ótimo exemplo disso é a corrida. Você gasta muito pouco para se dedicar a corrida, basta comprar um bom tênis e usar uma roupa leve, pronto! Se você ainda não consegue correr, pode caminhar e com o tempo aumentar o ritmo.

O que não dá é para ficar só na caminhada porque não irá evoluir nada fisicamente, essa atividade deve ser apenas a porta para outras. Já a corrida é uma atividade muito eficiente tanto para o emagrecimento quanto para o ganho de condicionamento físico.

Calçado e roupa ideal para corrida

Não é necessário ter um tênis caríssimo para praticar a corrida, mas não pode ser qualquer um. O ideal é conversar com um profissional de educação física ou com um fisioterapeuta para que ele possa avaliar sua pisada e assim você comprar um tênis específico.

Se isso não for possível, escolha um tênis confortável que não seja muito mole nem muito rígido. Calce, ande dentro da loja, não se esqueça que a maioria dos calçados cedem um pouco, mesmo assim, não escolha um apertado.

Em relação a roupa, utilize uma bermuda leve que não atrapalhe seus movimentos, da mesma forma a blusa, por mais que a corrida não demande muito dos braços, deve ser uma blusa leve para você não passar calor.

O que usar para nadar

Quem mora perto do mar ou de algum rio ou tem piscina em casa ou no condomínio, sequer precisa pagar um clube ou academia para nadar, mas é preciso adquirir alguns equipamentos para fazer natação. Os primeiros são as vestimentas que não podem ser biquínis comuns, por exemplo. Para a mulher, o ideal é um maiô. A touca deve ser usada sempre que o cabelo puder atrapalhar, independentemente do tamanho do cabelo.

Outros equipamentos que irão ajudar, mas que não são indispensáveis são os óculos e os tampões de ouvido, quem pretende competir precisará desses equipamentos mais cedo ou mais tarde. Caso você não tenha onde nadar e não possa pagar uma academia, procure saber na prefeitura de sua cidade sobre atividades oferecidas gratuitamente, alguns locais oferecem natação.

Atividades para fazer em casa

Se o que te falta é tempo para treinar, saiba que você pode adquirir equipamento para treinar em casa. Na Ergofit, você encontra aparelhos de musculação com preços acessíveis e com parcelamentos que vão sair quase o valor da mensalidade da sua academia.

Acesse www.ergofit.com.br e converse com um de nossos consultores, a academia ideal está ao alcance de um clique.

 

Tem como fazer musculação e não ficar musculosa?

São poucas as mulheres que querem hipertrofiar de verdade, “crescer”, a maioria quer, simplesmente, enrijecer e tornear coxas e bumbum e por isso acabam não treinando braços por medo de ficarem musculosas. Mas, tem como fazer musculação e não ficar musculosa demais?

O principal objetivo da musculação é hipertrofiar, então não há muito o que se fazer diferente, mas tenha certeza de que mulher nenhuma consegue ficar muito musculosa se não tiver esse objetivo específico, pelo contrário, até as que têm esse objetivo não conseguem isso tão facilmente.

Como essas dúvidas são as da maioria das mulheres, decidimos fazer um post para te ajudar a tirar o máximo resultado da musculação, sem ficar musculosa.

Malhar braço é importante

Para tratar o assunto de forma bem direta, sabe o que vai acontecer se você não malhar braço? Vai chegar a um ponto do treino que você não conseguirá malhar pernas porque a parte superior do seu corpo não suportará o peso que sua perna precisa para crescer.

Mesmo que seu objetivo seja hipertrofiar apenas os membros inferiores, conforme seu treino vai avançando, é preciso aumentar a carga dos exercícios. Vamos a um exemplo específico, avanço. Nesse exercício você precisa segurar pesos com os braços e se abaixar alterando as pernas ou dar passadas.

Se no exercício acima, você estiver com os braços, ombros, peitos e costas fracos, você simplesmente não conseguirá segurar o peso e assim não poderá avançar no treino de pernas nesse e em vários exercícios.

Como não ficar musculosa?

De fato, algumas mulheres têm mais facilidade para hipertrofiar principalmente os membros superiores mais que outras, mas lembre-se que todo mundo quando começa a treinar ganha mais fácil, afinal, o músculo saiu de um estágio de relaxamento total para uma imposição de exercício com o qual ele não estava acostumado.

Sendo assim, não leve em consideração o resultado dos três primeiros meses para dizer que está ficando musculosa. Para que seu braço não fique maior do que você gostaria, realize um treino diferente para pernas e braços. O primeiro ponto é não treinar braços até a falha como você faria no treino de pernas. Alongamento deve ser feito todos os dias para os braços, já para as pernas não, só alongue as pernas no dia que não for treino de pernas.

 

Lembre-se que se você for muito magrinha, o problema pode não estar no excesso de músculo, mas sim o baixo percentual de gordura que faz com que seus braços pareçam mais definidos.

Treine com os aparelhos certos

Escolher os equipamentos corretos é o que vai te colocar mais perto do seu objetivo. Treinar em casa pode ser o incentivo que você está precisando para não desistir do seu projeto fitness. Na Ergofit, você encontra os melhores equipamentos de musculação com preços acessíveis, com entrega na sua casa e condições de pagamentos ideais.

Entre em www.ergofit.com.br e escolha os aparelhos para treinar seu corpo inteiro sem perder o equilíbrio do treino. Fique linda dos pés à cabeça com a Ergofit.

É possível queimar gordura localizada?

Não há ninguém que esteja 100% satisfeito com o próprio corpo, mesmo os mais magrinhos reclamam de uma gordurinha localizada. E a gente fica tentando eliminar aquela gordura, naquele lugar específico que nos incomoda e em outros lugares, a gente acha até bom que esteja mais “gordinho”, não é mesmo?

Se você veio a esse post para achar a fórmula mágica para eliminar a gordura localizada, lamento te informar que ela não existe… porém, vou trazer sim a fórmula para você chegar na sua melhor forma diminuindo as áreas que te incomoda e valorizando aquelas que mais gosta.

Como queimar gordura localizada?

Cada pessoa acumula e queima gordura de um jeito diferente, e mesmo que você recorra a tratamentos estéticos que prometem eliminar os pneuzinhos, o corpo volta a acumular gordura naquele ponto porque essa é sua forma de acumular o que sobra.

A atividade aeróbica ficou muito conhecida por muito tempo por ser a atividade que mais queima gordura, já a musculação era conhecida apenas como um exercício para quem já está magro e quer ganhar massa. Hoje já está cientificamente comprovado que as calorias gastas nas atividades aeróbicas, são rapidamente repostas na próxima refeição que você faz.

Já quando você faz musculação, ela não gera alto gasto calórico de uma vez só, assim, o corpo não sente a necessidade de repor aquilo imediatamente, assim, conforme você faz musculação, a quantidade de músculo que seu corpo passa a ter demanda mais energia e você vai queimando de forma estável e gradual.

Como potencializar a queima da gordura localizada?

Mas existem treinos ainda mais eficientes para queimar gordura localizada do que a musculação. Os treinos do tipo HIIT, como o Crossfit, por exemplo, transforma seu corpo em uma máquina de queimar gordura, já que mesmo que seu corpo tente repor as calorias perdidas na próxima refeição, você continuará queimando calorias até o próximo treino.

Aumento de condicionamento físico, melhora no aspecto do corpo, melhora na saúde, queima de gordura localizada, tudo isso você consegue fazer com um treino do tipo HIIT e o melhor, em casa… mais pra frente, ainda nesse post eu falo como.

Dieta para queimar gordura localizada

Com certeza você já ouviu falar da dieta low carb, mas você sabe por que ela está fazendo tanto sucesso? Ela une tudo o que uma dieta precisa: alimentos nutritivos, gostosos, nada de passar fome e emagrecimento rápido e duradouro.

Há ainda mais vantagens na low carb como a diminuição da vontade por doces, aumento na disposição, necessidade de menos horas de sono, aumento da libido e ganho de massa magra muito mais rápido se combinada com treino de musculação.

Como queimar gordura localizada em casa

O primeiro ponto é adquirindo os equipamentos certos para isso. Na Ergofit, você encontra todo tipo de equipamento fitness como estações de musculação em que é possível treinar o corpo inteiro. Então para começar, adquira uma estação de musculação e um elíptico em www.ergofit.com.br e alterne as séries de musculação até a falha com 5 minutos no elíptico no máximo nível que você conseguir. Combinando esse treino com a dieta, rapidamente você verá seu corpo ficando muito mais bonito.

Musculação tem idade?

Os benefícios da musculação são inúmeros e já foi até comprovado que é um dos melhores exercícios para emagrecer, além dos benefícios mais conhecidos como ganho de força, de massa muscular, de condicionamento físico, e aumento na resistência. Mas musculação tem idade?

Será que existe um limite mínimo e máximo para praticar musculação? Com quantos anos se pode começar e até que idade se pode malhar? Também está com essas dúvidas? Então acompanhe esse post que iremos explicar tudo direitinho.

Com que idade pode começar a praticar musculação?

Existem estudos no mundo inteiro sobre a idade correta permitida para iniciar, já chegou a ser citado que uma criança a partir de 6 anos poderia começar a praticar musculação, em outros estudos vemos a idade de 14 anos, já em outros dizem que a partir dos 17 anos é a idade mais segura para começar a fazer musculação.

Com a ditadura do corpo perfeito, os adolescentes estão cada vez mais preocupados com a aparência, e essa preocupação aparece cada vez mais cedo. Se você é adolescente ou se você tem um filho adolescente querendo fazer musculação, o melhor é aguardar que o crescimento tenha se encerrado.

A menina costuma parar de crescer entre os 14 e 16 anos de idade, já os meninos normalmente crescem até os 18. Se você mede seu filho todo ano ou o leva ao pediatra todo ano, observe, se em um ano ele não tiver crescido mais, pode liberá-lo para praticar musculação.

Caso o adolescente comece a praticar exercícios para hipertrofia antes de parar de ganhar altura, seu crescimento poderá ficar comprometido, já que o corpo vai dispender energia para recuperar o músculo que teve desgaste na musculação, e não vai voltar essa energia para o crescimento do comprimento do músculo.

Até que idade posso fazer musculação

Não há uma idade limite para parar de fazer musculação, pelo contrário, a musculação é a atividade física mais importante para os idosos devido à perda de massa muscular no decorrer dos anos a partir dos 40.

Enquanto você conseguir de locomover sozinho, se vestir sozinho e suportar praticar o exercício continue, até porque, quanto mais você faz musculação, mais forte fica seu corpo para se locomover sozinho, maior fica sua elasticidade para se vestir sozinho e mais resistente você fica para praticar o que quiser.

Monte sua academia em casa

Malhar em casa é o sonho de muita gente, se você está nesse grupo, seja por não gostar do ambiente de academia, seja por não ter tempo de treinar nos horários convencionais, a Ergofit pode te ajudar.

Acesse www.ergofit.com.br e encontre os equipamentos ideais para o seu objetivo e para o seu espaço, que além de caberem no espaço que você tem disponível também cabe no seu orçamento. A qualidade é de um grupo que está há 20 anos no mercado oferecendo equipamentos de musculação e também de aeróbico como esteiras elétricas, bicicletas ergométricas, elípticos, jumps e muito mais. Não perca mais tempo, adquira agora sua academia e pague de forma super facilitada com parcelas bem suaves.

A importância de uma boa noite de sono

A maioria das pessoas sequer tem a noção da importância de uma boa noite de sono. Cada pessoa precisa de uma quantidade de horas diferente, mas dormir essa quantidade toda noite ou pelo menos quase toda noite gera um benefício para sua saúde sem precedentes.

Caso você seja uma dessas pessoa que não conhece bem a importância de uma boa noite de sono para a sua vida, acompanha esse post até o final para que você possa entender o provável motivo de seu treino não estar dando resultados.

Para emagrecer é preciso dormir

Primeira regra: Não é o seu sono que deve ser ajustado à sua alimentação, mas sim, sua alimentação que deve ser ajustada ao seu sono. Coma aproximadamente duas horas antes da hora de dormir, caso esteja com fome, depois disso, mais alimento nenhum, se alimente apenas no dia seguinte. Caso você siga uma dieta low carb, dá até para ajustar um jejum aí nesse horário.

Existe um trio que precisa ser cuidado se você precisa emagrecer, que é:

  1. Alimentação
  2. Treino
  3. Boa noite de sono

Tudo é importante e se você negligenciar qualquer um desses pilares não atingirá o máximo de resultado no seu treino.

Seu músculo ganha no descanso

Não pense que só quem quer emagrecer precisa dormir bem, pelo contrário, quem quer ganhar massa magra tem que dar uma atenção ainda maior ao sono porque é durante o descanso que seu músculo cresce.

É importante que você também entenda que cada pessoa precisa de uma quantidade diferente de horas de sono. O mais comum são 8 horas por noite, mas algumas pessoas repõem as energias com apenas 5 ou 6, já outra precisam de 9 ou 10. É o seu corpo que determina isso e não é difícil de descobrir.

Basta que você tire um dia para acordar sem despertador e observe quantas horas você dorme sem ser acordado, ou seja, acordando por sua conta. Lembre-se que dormir demais também não é bom, você acaba ficando com preguiça o dia inteiro, então, baseado nisso vá ajustando suas horas de sono.

Quando eu digo que seu músculo cresce enquanto você dorme é porque na hora do treino, você causa micro lesões no músculo que são recuperadas com a alimentação correta e enquanto seu corpo está bem relaxado. Se você não fornecer o combustível do músculo e não der o relaxamento que ele precisa, ele não se recupera das micro lesões.

Dorme bem, come bem? E o treino?

Caso não tenha tempo de treinar, montar uma academia em casa pode ser a solução. Você acha caro? Então não conhece a Ergofit, não é mesmo? A loja de equipamentos de academia com o melhor custo benefício da internet, que entrega os aparelhos na sua casa com toda comodidade e conforto.

Acesse www.ergofit.com.br e confira tudo o que essa empresa com 20 anos de experiência na área tem a te oferecer. Preços que cabem no seu bolso, condições de pagamento certas para o seu orçamento e qualidade que você só encontra na Ergofit.

A importância de um bom nutricionista

Sabe quando a pessoa está assistindo um jogo de futebol e fica dando palpite como se fosse técnico? Estão fazendo isso com a sua saúde na internet. Os coaches, que na tradução literal significaria inclusive algo como técnico, estão passando informações muitas vezes de forma irresponsável, mas o profissional adequado para prescrever sua dieta é apenas o nutricionista e o post de hoje é para falar sobre a importância de ser acompanhado por um bom profissional de nutrição.

Se você quer emagrecer ou ganhar massa magra de forma saudável, sem comprometer a saúde do seu corpo, pesquise sim informações na internet, mas procure fontes confiáveis e sempre confirme com seu nutricionista sobre a veracidade destas informações e se elas são relevantes no seu caso, afinal, cada pessoa tem um histórico de vida diferente.

Quando você se alimenta bem, emagrecer é consequência

Levando em conta seu histórico médico, seu perfil, seu objetivo e os resultados dos exames que seu nutricionista vai pedir, ele vai montar uma dieta personalizada para você. Mas se o seu problema é encontrar um bom nutricionista, as dicas a seguir vão te ajudar:

  • Peça indicações de amigos
  • Procure no guia do seu plano de saúde
  • Coloque no Google uma busca de nutricionistas na sua região
  • Pesquise no conselho de nutrição os profissionais que encontrar(CRN)
  • Procure no Instagram o nome do médico para ver se ele tem um perfil profissional nessa rede social e veja suas postagens para entender se a linha tomada por ele tem a ver com o que você quer para sua vida

Comida pode ser remédio ou veneno, basta você saber escolher. Se você consumir os alimentos corretos pode controlar até mesmo doenças como diabetes e hipertensão arterial, já se você consumi-los errado pode agravar ou até causar esse tipo de doenças.

Gordura abdominal em excesso não é só feio

Não pense que a implicância do pessoal da malhação com a barriguinha é apenas pela estética. Gordura abdominal em excesso pode esconder problemas muito mais graves e aumenta os riscos de doenças cardiovasculares e também as chances de um AVC.

Para saber se você está com excesso de gordura abdominal, você pode fazer uma conta simples para avaliar apenas esse quesito. Pegue uma fita métrica e meça a parte mais fina do seu abdômen, mais ou menos 2 dedos acima do umbigo, então meça a parte mais larga do seu quadril, onde o bumbum é maior. Faça a divisão do resultado da cintura pelo do quadril. As mulheres devem ter o resultado dessa divisão menor que 0,8 e os homens menor que 0,95.

A gordura acumulada nos quadris e coxas mais comum nas mulheres é um fator favorável, já que essa gordura não se solta com tanta facilidade como a do abdômen, que por sua vez vai para o coração e pode causar o infarto.

Academia em casa

Depois de consultar um nutricionista, comece a praticar atividade física. Na sua casa mesmo é possível montar uma academia. Basta acessar www.ergofit.com.br e encontrar os melhores equipamentos com preços que cabem no seu bolso e condições que cabem no seu orçamento.

 

Dicas para sair do sedentarismo

Princípio da inércia… um corpo em repouso tende a permanecer em repouso, um corpo em movimento tende a permanecer em movimento. Princípio da física que, apesar de não se aplicar literalmente ao sedentarismo, representa muito bem o que acontece com o nosso corpo em relação aos exercícios, não é mesmo?

Quando estamos praticando exercícios regularmente, o corpo se acostuma e deixa de ser um “martírio”, por outro lado, quando paramos de fazer atividade física, parece que as articulações ficam entrevadas e para retomar é muito difícil.

Pensando nisso, decidimos dar algumas dicas para sair do sedentarismo sem que para isso você precise sofrer tanto ou sair muito da sua rotina. Lembre-se: o sedentarismo mata mais que arma de fogo mesmo em um país violento como o nosso, já que ele agrava problemas como a obesidade, diabetes, hipertensão arterial, problemas cardiovasculares, entre outros.

Transforme sua rotina em atividade física para sair do sedentarismo

Sua rotina é corrida? Eu sei… a da maioria das pessoas é e você pode achar que não é possível incluir mais nada nela, mas veja as dicas abaixo e você vai ver que dá sim. Por exemplo, você se desloca de ônibus para ir trabalhar ou estudar? Que tal acordar uns minutinhos mais cedo e caminhar para um ponto de ônibus mais longe? Um ou dois além do seu ponto já vai fazer a diferença e dependendo você até consegue pegar o ônibus um pouco mais vazio.

Ok, ok, você não vai de ônibus, vai de carro… que tal trocar o carro por uma bicicleta? Tem cidade que tem o trânsito tão cruel que de bicicleta você gasta a metade do tempo ou menos, além disso faz uma atividade física, não gasta e não polui o meio ambiente. Você pode começar devagar, indo até a casa de um amigo que more mais perto do trabalho, deixar a bicicleta lá e ir com ele, ou em algum lugar seguro, o que vale é o treino.

Aproveite seu horário de almoço

Muitas pessoas têm duas horas de almoço e aí dá pra fazer muita coisa, não é mesmo?! Malhar pode se incluir nesse monte de coisas. Um treino de musculação dura em média 45 minutos, se você não precisar emagrece, apenas ganhar massa muscular, você poderá treinar 3 dias na semana e ainda sobrarão 2 horários de almoço para resolver outras coisas.

Se próximo do seu trabalho não houver uma academia, talvez haja uma área aberta para caminhar ou correr. Se tiver local para tomar banho, problema resolvido, troque de roupa na hora do almoço, faça uma boa caminhada e depois que o corpo estiver mais treinado, passe a correr. Procure se organizar para fazer isso antes do almoço, de barriga cheia fica mais difícil.

Treinando em casa

Se você chega em casa e perde uma hora mexendo no seu celular vendo bobagens ou faz isso logo que acorda, retire esse hábito que não traz nenhum benefício e faça uma hora de exercício em casa. Para isso, você pode adquirir equipamentos muito baratos na Ergofit através do site www.ergofit.com.br. Lá você encontra equipamentos fitness com condições de pagamento que cabem no seu bolso.

 

Lesões mais comuns na musculação

Cuidar do corpo é mais que uma obrigação, afinal é ele que vamos carregar até o fim das nossas vidas, quanto melhor ele estiver, melhor viveremos e por mais tempo. Praticar exercícios físicos é uma das formas de cuidar do seu corpo.

Já foi comprovado que a musculação é um dos melhores exercícios para o corpo, mas é preciso fazer corretamente para não sofrer lesões. É sobre as lesões mais comuns na musculação que iremos falar hoje para que você possa entender que cada pessoa precisa treinar de acordo com seu tipo físico, condicionamento e limites.

Lesões provenientes da musculação

Os motivos que causam a lesão normalmente são o excesso de carga, a falta de alongamento e aquecimento e excesso de treino. Respeite seu corpo, respeite seus limites e tenha paciência, os resultados podem demorar mais do que você espera, mas eles virão a menos que você se afobe, se lesione e precise parar de treinar.

Seguem abaixo as lesões mais comuns na musculação:

  • Distensão muscular: é quando as fibras musculares se rompem após um forte estiramento ou uma forte contração do músculo devido ao excesso de carga no exercício. A dor é intensa e pode ter 3 níveis que só o médico pode avaliar qual o nível e como tratar.
  • Bursite: no encontro dos ossos com os tendões e músculos existem partes das articulações chamadas bursas, quando elas inflamam, essas inflamações se chamam bursites. A sensação é de uma dor cansada muito intensa nas articulações e dependendo do movimento, chega a ser perigoso já que você perde a força no membro instantaneamente. Essa lesão surge por excesso de peso nos exercícios e também por esforço repetitivo.
  • Tendinite: podem ser provenientes da musculação ou de qualquer outro movimento repetitivo. Até mesmo digitar pode causar tendinite, mas quando o movimento, além de repetitivo é intenso como na musculação, se não for feito com cuidado pode gerar tendinite.

Como agir em caso de lesão?

Assim que perceber a lesão, pare o exercício imediatamente. Procure um médico o mais rápido possível e enquanto não for ao médico, faça compressas de gelo com duração de 15 minutos 3 vezes por dia durante três. Se passarem esses três dias e você ainda não tiver ido ao médico, passe a colocar compressa morna de 15 minutos 2 vezes ao dia até que as dores, inchaços ou hematomas desapareçam.

Não volte a treinar enquanto não tiver curado 100% da lesão, caso contrário, você poderá agravar a situação e mais pra frente ter que ficar muito mais tempo sem treinar. Não deixe de informar ao instrutor da academia sobre a lesão recente mesmo que não esteja sentindo mais nenhuma dor no local.

Aparelhos de qualidade evitam lesões na musculação

A qualidade dos aparelhos afeta diretamente a execução correta dos exercícios. Se o seu aparelho é de qualidade, as chances de você sofrer uma lesão é menor, já que ele permitirá que você não tenham problemas na execução do exercício devido a travamento, fio soltando da roldana, partes que se soltam e etc.

Hoje, você pode adquirir os melhores aparelhos de musculação na Ergofit. Acessando www.ergofit.com.br. Fale com um dos nossos consultores e monte sua academia profissional ou na sua residência.

O que muda com a idade no desenvolvimento do corpo na musculação

Não há idade para fazer musculação, apenas se recomenda que para iniciar, já se tenha atingido a altura que terá na fase adulta e para saber isso, basta que não se tenha crescido nos últimos 12 meses. Já a idade máxima, não existe, se você tiver 100 anos e tiver mobilidade para praticar qualquer atividade física, o ideal é que pratique e a musculação na terceira idade é a mais indicada.

A preferência pela musculação se dá pelo fato de que na terceira idade a massa muscular vai diminuindo com maior intensidade e assim os ossos ficam mais expostos aumentando os riscos de lesão. Quando você pratica musculação, mesmo que comece já na terceira idade, você compensa essa perda.

Mas o post de hoje não irá falar apenas sobre a musculação na terceira idade, mas sim sobre a mudança no desenvolvimento do corpo de acordo com a idade do praticante. Ficou curioso? Então fica com a gente e acompanha esse post.

Diminuição do volume muscular

A sarcopenia, que se trata da diminuição de massa muscular com a idade, já foi citada acima, e se você acha que essa diminuição acontece só na terceira idade, se engana. A partir dos 30 anos de idade sua massa muscular já vai diminuindo e isso se acentua a partir dos 50 e fica extremamente visível após os 60.

Isso acontece porque depois dos 30 começamos a reduzir a produção de hormônios no nosso corpo e eles é que são responsáveis por produzir as fibras que formam os músculos. Os sintomas da redução da massa muscular são a redução no equilíbrio, diminuição da força e até mesmo da disposição para as tarefas do dia a dia e para a prática de atividades físicas.

Além da prática de musculação para compensar isso, manter uma alimentação saudável, rica em proteínas, frutas, legumes, verduras, tirando os carboidratos processados, fontes de açúcar e gorduras vegetais como margarina e óleo de soja, por exemplo.

Como evitar a redução da massa muscular

Algumas mudanças simples de hábito podem reduzir os impactos da idade no seu corpo, entre elas podemos citar:

  • Prática de musculação pelo menos 3 vezes por semana por pelo menos 40 minuto, só não se esqueça que é preciso consultar um médico antes de iniciar qualquer atividade física e só realizar com acompanhamento profissional;
  • Não fumar;
  • Só consumir de forma moderada as bebidas alcoólicas;
  • Não fazer uso de drogas ilícitas;
  • Ter como base da sua alimentação comida de verdade reduzindo ao máximo o consumo de industrializados;
  • Evitar o sedentarismo;
  • Realizar exames de rotina.

Fazer musculação em casa ajuda a prevenir a perda de massa muscular

Se você não tem tempo de frequentar uma academia, ou não gosta do ambiente da academia seja por vergonha ou por falta de paciência mesmo, você pode adquirir os equipamentos e treinar em casa com a ajuda de um personal trainer.

Acesse www.ergofit.com.br  ou ligue para (11) 3043-8300 e conheça a empresa que vende os melhores equipamentos fitness do mercado e entrega na sua casa, garantindo uma manutenção de qualidade no caso de haver algum problema, já que a Ergofit faz parte de um grupo que fabrica os próprios equipamentos tendo sempre à disposição peças de reposição.

 

Peso estagnado, como a musculação pode ajudar?

O famoso platô é observado na maioria das dietas e é quando você simplesmente para de emagrecer e seu peso fica estagnado. O que acontece é que nosso corpo é muito inteligente e ele reage a baixa oferta de nutrientes acumulando gordura que além de nutrir o corpo protege contra o frio e é gasta de forma muito mais lenta que outras fontes de energia como a glicose.

Há séculos atrás, a produção de alimentos não era como hoje e o humano precisava caçar e passava por períodos de escassez, dificilmente havia sobra, mas o que se comia além do necessário se acumulava em forma de gordura para que o corpo fosse capaz de aguardar uma próxima refeição.

Graças a uma série de fatores, temos uma oferta gigantesca dos mais diversos tipos de alimento e apesar disso ser muito bom do ponto de vista prático, o nosso corpo continua com o mesmo processo de funcionamento e ele estoca gordura muito facilmente.

E por que é tão difícil emagrecer?

Existem muitos motivos e alguns deles são independente de nossas ações como hormônios, hereditariedade, maus hábitos alimentares na infância, doenças, tratamentos médicos que causam retenção líquida ou facilitam o ganho de peso entre outros.

Mas a maioria dos motivos que causa o ganho de peso foi por ações nossas ou está completamente sob nosso controle e entre eles podemos citar o consumo excessivo de alimentos, o consumo de alimentos ricos em carboidratos processados, o sedentarismo e outros comportamentos nocivos a nossa saúde.

A desaceleração no metabolismo também é muito citada principalmente por quem já passou dos 30 anos de idade, mas é possível ser contornado. Como o assunto se trata do peso estagnado, isso quer dizer que você já conseguiu emagrecer alguns quilos e agora a perda diminuiu a velocidade ou até parou.

Será que você realmente continua fazendo tudo o que estava fazendo antes para conseguir emagrecer ou acabou relaxando porque já obteve algum sucesso? Se de fato você está fazendo tudo certo, só está faltando um gatilho para “acordar” seu metabolismo, e esse gatilho é a atividade física.

A melhor atividade física para combater o peso estagnado

Qualquer mudança positiva que você promova ao seu corpo irá te ajudar a sair do platô, sendo assim, você poderá praticar qualquer atividade física que ela vai te ajudar, mas, sem sombra de dúvidas, a melhor atividade física para combater o peso estagnado é a musculação.

E não é difícil de entender o motivo disso… a musculação promove o ganho de massa muscular e quanto mais massa muscular o seu corpo tiver, mais energia ele irá queimar naturalmente inclusive em repouso.

Se você imaginou que a melhor atividade seria a aeróbica errou porque para quem está em um processo de mudança de hábitos alimentares, muitas vezes passando algumas vontades, impor ao seu corpo uma atividade que aumenta a fome poderá atrapalhar o processo e a musculação promove uma perda que não é sentida com o desgaste momentâneo, mas sim com uma mudança na composição corporal.

Comece agora a praticar musculação

A musculação vai te ajudar a sair do peso estagnado e você pode começar a malhar na sua própria residência. Adquira os melhores equipamentos de musculação na Ergofit pelos melhores preços, com as melhores condições e com a garantia de que você será muito bem atendido em todas as etapas do processo. Acesse www.ergofit.com.br e conheça a melhor loja de aparelhos fitness da internet.